07
ago
Adam fala sobre Joe Jonas e colegas do The Voice

Em entrevista ao Entertainment Tonight, Adam Levine comentou sobre o mentor que escolheu para ajudá-lo no reality “The Voice”, na fase das batalhas.

Além de ter dito que Joe Jonas seria perfeito para o trabalho, o vocalista do Maroon 5 também declarou: “Ele é muito… você é muito maduro, o que é bom, porque me equilibra”. “Porque sou do tipo [assobios]. Ele dá bons conselhos. Confio na opinião dele, porque sou um fã. Sempre que você puder confiar que alguém irá ajudar essas pessoas, é o que você quer num mentor para ajudá-lo. Confie em mim, já trabalhei com pessoas que eu não necessariamente conhecia muito bem, e não foi tão bom, porque você tem que ter química.”

“Penso que por nos damos bem e pensarmos de modo parecido, torna mais fácil para nós darmos conselhos juntos”, acrescentou Levine.

Já Joe Jonas comentou: ” Tem sido incrível! Acho que isso está me arruinando, porque todo mundo com quem tenho trabalhado é muito talentoso e estou muito impressionado. Então, tive um trabalho muito fácil poder ouvir pessoas ótimas e talentosas.”

“Tivemos muita sorte, mas a menor crítica construtiva que pudemos dar, acho, você pode pensar que é provavelmente algo com o qual eles já estão familiarizados, ou algo que eles já soubessem, mas quando você traz isso a tona, é surpreendente como aquele pequeno conselho pode ir longe”, completou Joe.

“Tudo está na forma como você faz isso”, acrescentou Levine. “Tipo, alguém pode apresentar o mesmo ponto e isso é discordante de alguma forma. Essa é outra razão pela qual queria trabalhar com o Joe. Ele é um cara legal. Então, você sempre quer uma abordagem com um tipo de atitude humilde e eu acho que isso funcionou para nós nessa temporada.”

A respeito da nova treinadora dessa temporada, Jennifer Hudson, Levine disse que ela tem sido ótima. “Ela realmente fez o The Voice UK, então foi muito fácil porque ela já tinha feito isso antes e ela venceu a temporada passada! Num programa diferente!”, disse, antes de descrever o comportamento incomum de Hudson durante as audições às cegas.

“Os primeiros dias se passaram e acho que ela começou a ficar com raiva. Eu não estava indo particularmente bem no começo, mas, você sabe, ela estava perdendo pessoas. Ela não estava pegando as pessoas e acho que ela finalmente ficou muito irritada, começou a jogar o sapato”. “Mas o ato de jogar o sapato não era uma coisa negativa. Era tipo ‘Você é tão bom, tiro meu sapato pra você!’ Estranho como isso funciona, mas estou pegando o jeito, então comecei a jogar meus sapatos e outras coisas.”

Sobre Blake Shelton, Adam disse que eles tentaram ser legais um com o outro, mas que não funcionou: “Senti um vazio e os produtores entraram em pânico, tipo, ‘Vocês deveriam se odiar. O que vocês estão fazendo?'”, brincou. “Uma vez que começamos a odiar-nos novamente, comecei a pegar pessoas para o meu time, ele começou a pegar pessoas para o time dele…Isso é quase como nós demonstramos amor um pelo outro, odiando-nos.”

The Voice retorna no dia 25 de setembro. Confira o vídeo da entrevista abaixo:

 

 

Fonte