29
jan
Pray for Santa Maria !

O ocorrido na madrugada do dia 27 de janeiro de 2013, mais conhecido como tragédia de Santa Maria, onde mais de 232 pessoas morreram, entre elas estudantes das universidades na cidade, devido a tentativa de show pirotécnico por um integrante da banda que se espalhou pela espuma de isolamento acústico. A fumaça se espalhou rapidamente pelo local fechado. As pessoas tentavam sair da boate, mas havia obstáculos na única porta. Muitos se confundiram e entraram nos banheiros, pensando serem saídas de emergência e infelizmente morreram, cerca de 90 pessoas em cada banheiro. Além das pessoas que morreram também há vários feridos que correm risco de vida.

Reportagens feitas por jornais informaram que a boate além de ter sido excedido o número de pessoas ( a legislação do Rio Grande do Sul prevê que o máximo permitido são duas pessoas por metro quadrado ). e o alvará estava vencido, mas estava em processo de renovação.

Quem é o culpado por tudo isso? Até agora apenas três pessoas foram presas, dois integrantes da banda gaúcha e o dono do local. Será que a prefeitura também não tem culpa? O Estado? E as leis que proíbem shows pirotécnicos em locais fechados? Sabemos que até em locais abertos esse tipo de atração é perigosa. Obviamente o dono da boate tem culpa por não ter renovado o alvará. Disseram que a boate é um local de encontro muito comum na cidade, ou seja, deveriam ter o cuidado de escolher um estabelecimento seguro e terem se informado sobre a licença vencida.

Conversando com um amigo espanhol, que gosta muito do Brasil, contou-me que algo parecido ocorreu em Madrid no ano passado. Era um festa ilegal de Halloween, não tinha muita segurança e o fogo começou e as pessoas ficaram assustadas e começaram a sair, mas as portas estavam fechadas e só tinha uma saída e então, cinco meninas morreram.

Acredito que não podemos achar um lado positivo nessa situação, mas há discussões sobre uma provável lei anti-incêndio, para que haja outra tragédia como essa. As casas noturnas estão sendo fiscalizadas, como por exemplo em Sorocaba, coisa que já deveria ter sido feita. Agora o que nos resta fazer é lamentar o ocorrido, afinal carreiras promissoras e sonhos foram perdidos e quando uma pessoa morre, uma parte daqueles que estavam a sua volta morre também.

Fonte : http://onedifferentpointofview.blogspot.com/